A APRENDIZAGEM DE REGRAS E O DESENVOLVIMENTO MORAL NA EDUCAÇÃO INFANTIL

  • Rafaela Milena Ferreira Universidade Estadual de Londrina
  • Otília Ribeiro dos Santos Universidade Estadual de Londrina
  • Darcísio Natal Muraro Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: Regras, Educação Infantil, Moral e Ética

Resumo

Este texto visa apresentar os resultados do Programa PIBID, especificamente do subprojeto de Pedagogia, desenvolvido no CEI Campus UEL. O subprojeto desenvolvido tem por objetivo analisar o processo de aprendizagem de regras e o desenvolvimento moral na Educação Infantil. A metodologia desta pesquisa consiste em um estudo bibliográfico à luz dos fundamentos críticos da educação, especialmente tendo como referência, a filosofia da infância de Lipman. Inclui também uma pesquisa de campo com observações participantes, e estudo dirigido com a participação nas atividades do Projeto de Pesquisa relacionado, planejamento de ações de trabalho e intervenções didático pedagógicas. Atividade proposta visou, trabalhar regras no campo temático da moradia. Assim, as crianças elaboraram tarefas retratando e refletindo sobre as regras de suas próprias residências. A aula se consistiu em uma roda de conversa sobre regras, contação de história, construção do varal de ideias e por meio do desenho a efetivação do trabalho realizado. Como resultados observados foi possível constatar que as crianças já possuíam familiaridade com o uso de regras o que possibilitou a participação ativa e interessada. Um fator importante observado a partir da intervenção foi o aumento do uso de regras de boas maneiras como exemplo: por favor, obrigado, com licença, gerando uma interação mais respeitosa entre as crianças. Conclui-se, que trabalhar uso de regras desde a Educação Infantil se faz fundamental para construção moral da criança. Este trabalho pode promover o desenvolvimento de um ser humano ético, responsável, solidário e cooperativo uns com outros.

Publicado
2020-09-17