A CONSTRUÇÃO DO PLANO DE ENSINO E A FORMAÇÃO DO EDUCADOR MUSICAL: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

  • Laís Marques da Silva Universidade Estadual de Londrina
  • Paulo Giovanni Turazzi Universidade Estadual de Londrina
  • Helena Ester Munari Nicolau Loureiro Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: PIBID, Prática de Ensino de Música, Planejamento de Ensino

Resumo

Experiências significativas para o desenvolvimento de uma escuta musical atenta, crítica e diversificada são, além de propósitos para a formação integral dos estudantes, desafios para a iniciação docente, já que a nossa sociedade está em constante e rápida transformação. Este trabalho tem como objetivo apresentar o processo de elaboração e implementação de um plano de ensino de música por dois bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), entre março e setembro de 2019. A prática de ensino é realizada na Escola Municipal Arthur Thomas, em Londrina, junto a uma turma de primeiro ano, do Ensino Fundamental. Trata-se do relato da experiência vivenciada, apresentando considerações sobre a relação entre o plano de ensino e sua aplicabilidade, a partir da perspectiva dos bolsistas nesse contexto. A partir de revisão de literatura, observações e reflexões seguintes às aulas, foram elaboradas e ministradas quatro unidades didáticas. Como resultado desse processo, pode-se perceber a construção de um repertório musical em conjunto com as crianças; sua capacidade de execução e/ou diferenciação dos conceitos de extremos de intensidade e altura; de reconhecimento de diversos instrumentos de corda e, principalmente, o acompanhamento espontâneo com as palmas, conforme o ritmo durante apreciações. Assim, compreende-se que a elaboração prévia dos planos de unidades didáticas e roteiros de aula permitem alcançar objetivos de aprendizagem musical progressivamente mais complexos e articulados com as perspectivas dos próprios alunos da escola.

Publicado
2020-09-17