ARTE E EDUCAÇÃO COM A PROPOSTA TRIANGULAR NO PLANEJAMENTO DE AULAS DE ARTES VISUAIS PARA O COLÉGIO ESTADUAL PROFESSORA UBEDULHA C DE OLIVEIRA

  • Daniel Henrique Alves de Castro Universidade Estadual de Londrina
  • Renan dos Santos Silva Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: Arte Educação, Proposta Triangular, Ana Mae Barbosa, Residência Pedagógica, Plano de Aula

Resumo

A reflexão sobre a discussão da relevância da arte para a construção cognitiva-perceptiva dos alunos em sua vida, são temas recorrentes que possuem relevância em nosso contexto educacional. A arte como educação é necessária para a criação cognitiva das crianças, auxilia no crescimento perceptivo do mundo em que a rodeia e possibilita uma capacitação criativa que o permeia nas demais disciplinas da escola. Um método expositivo que direciona os docentes ao caminho seguro no ensino da arte é a Proposta Triangular de Ana Mae Barbosa. Ela propõe uma tríplice estrutura de conhecimento artístico para a elaboração das aulas, o fazer artístico, a leitura da imagem e a história da arte. Por meio dessa abordagem foi elaborado o plano de aula para as aulas do Colégio Estadual Professora Ubedulha C de Oliveira para duas turmas do primeiro ano do ensino médio; iniciou no dia 1 de agosto de 2018 e finalizará no dia 31 de janeiro de 2019. Após o término das aulas de observação, foi iniciado as aulas práticas. A partir de temas da história da arte estruturantes do primeiro ano, como a Pré-história, Arte Egípcia e Arte Grega, propomos a leitura de imagens de cada conteúdo, e atrelado a elas, atividades que complementam o fazer artístico e a compreensão histórica de cada conteúdo, e também a leitura de imagem do próprio trabalho. Por isso, a Proposta Triangular para a elaboração dos planos de aulas é um mecanismo que auxilia a importância das Artes Visuais no Currículo Escolar.

Publicado
2020-09-17