AS DIFERENTES FORMAS DE ATRIBUIR NOTAS EM ATIVIDADES AVALIATIVAS

  • Beatriz de Oliveira Universidade Estadual de Londrina
  • Daiana Rodrigues Araujo Universidade Estadual de Londrina
  • Rosimeri Cristina Martins Mendes Universidade Estadual de Londrina
  • Pamela Emanueli Alves Ferreira Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: Educação Matemática, Atividades avaliativas, Atribuição de notas

Resumo

Este trabalho é resultado de um estudo sobre diferentes critérios adotados, por alunas do PIBID juntamente com a professora Rosimeri (supervisora do PIBID), para a correção de atividades avaliativas. Tem por objetivo questionar a influência que algumas formas de correção exercem sobre as notas que são atribuídas às produções dos alunos. Durante as correções das atividades avaliativas surgiram as seguintes perguntas: A nota da questão deve ser atribuída apenas quando a resposta está certa? Se o aluno tentou resolver, mas o resultado estava incorreto, deve-se atribuir uma nota parcial? As questões devem ter o mesmo valor independente do grau de dificuldade? Em resposta a essas perguntas obtemos três diferentes formas de atribuir notas: no primeiro caso todas as questões têm mesmo valor e a nota integral de cada questão é atribuída somente quando o aluno apresentar a resposta correta; no segundo caso, todas as questões permanecem tendo o mesmo valor, mas atribui-se metade da nota integral quando é apresentada, por exemplo, uma tentativa de resolver a questão e; no terceiro caso, o valor de cada questão varia de acordo com o número de procedimentos envolvidos em sua resolução e a atribuição de notas é proporcional à quantidade de procedimentos realizados corretamente. A partir disso, serão utilizados os critérios anteriores para a correção de um mesmo grupo de atividades avaliativas e, ao final, será feita uma comparação entre as notas obtidas.  Deste modo, espera-se analisar se os diferentes critérios de correção podem gerar mudanças significativas na atribuição de nota e, consequentemente, na avaliação do rendimento escolar do aluno.

Publicado
2020-09-17