ENSINO DE ESTATÍSTICA NA PSICOLOGIA

  • Lorena Isabela Carvalho Universidade Estadual de Londrina
  • Thayná Krueger Universidade Estadual de Londrina
  • Ana Verginia Libos Messetti Universidade Estadual de Londrina
  • Vanderli Marino Melem Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: psicologia, estatística, não-paramétrica

Resumo

A disciplina de Estatística é essencial para a formação do Psicólogo: seja para o seu uso na execução de pesquisas científicas ou para melhor compreensão na leitura dos trabalhos divulgados da área. Assim, o principal objetivo neste trabalho é a busca de exemplos de Estatística para a área de Psicologia que entusiasmem os alunos no aprendizado e aplicação da Estatística. Nos anos de 2014 a 2018 os alunos do primeiro ano de Psicologia da UEL foram incentivados a procurar por artigos da área de Psicologia que tivessem algum conteúdo de Estatística. Estes artigos foram catalogados por conteúdo de Estatística envolvido e os utilizamos para elaboração de exemplos de Estatística com o uso do vocabulário da Psicologia. Neste período analisamos, aproximadamente, 160 trabalhos e, o conteúdo de estatística mais encontrado foi o uso dos testes não-paramétricos de duas amostras, inferência estatística não-paramétrica, 78,13% dos trabalhos. Esta análise dos trabalhos trazidos pelos alunos possibilitou o conhecimento de diversas variáveis resposta obtidas pelos tipos de testes que os Psicólogos usam: escala de depressão, índices de atenção concentrada, etc. Como resultados obteve-se riqueza nas interpretações dos exemplos criados tanto para os alunos quanto para o docente; envolvimento efetivo do docente de Estatística no conteúdo ministrado ao aluno de outra área. Esta prática deveria se estender a todos os cursos nos quais a disciplina de Estatística é ministrada. O material construído para as aulas de Estatística na Psicologia, que será usado a partir de 2020, estará em constante movimento!

Publicado
2020-09-18