JOGOS DE TABULEIRO COMO ALTERNATIVA DIDÁTICA NO ENSINO DE SOCIOLOGIA NA REDE PÚBLICA

  • Fernanda Trajano da Silva Universidade Estadual de Londrina
  • Isadora de Castro Pettenuci Universidade Estadual de Londrina
  • Maíra Mascarenhas Torres Peixoto Cunha Universidade Estadual de Londrina
  • Mariana Nogueira Ribeiro Universidade Estadual de Londrina
  • Nilda Rodrigues de Souza Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: alternativa didática, Sociologia, aprendizagem, jogos de tabuleiro

Resumo

Ao acompanhar, por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência – PIBID – o desenvolvimento de uma turma do 2º ano, observamos que o professor possui apenas um papel no ambiente escolar: ensinar; enquanto o aluno possui dois papeis: aprender e socializar. Portanto, ao observar a rotina docente entendemos ser importante outras metodologias, além da pautada em aulas expositivas, visto que sentimos um distanciamento entre o aluno e a Sociologia, já que explora apenas um papel do aluno – aprender. Assim sendo, o objetivo do resumo reside em apresentar uma proposta de ressignificação do método de aprendizagem, visando a interação entre dois papeis do aluno. O trabalho foi realizado no Colégio Polivalente de Londrina/PR na semana cultural, foi aplicado nas turmas do 2º ano do Ensino médio. Foram utilizados como base: a contribuição teórica de Pierre Bourdieu – Poder Simbólico - e o jogo de tabuleiro O Jogo da Vida. O jogo elaborado tem como objetivo educar os alunos de maneira descontraída sobre o tema: desigualdade social dentro da sociedade; por meio do uso de referências que compõe a realidade dos mesmos, resultando assim uma maior absorção do conteúdo. Por conseguinte, o uso de novas metodologias estimula a aproximação da sociologia e do aluno, pois o tornam seres ativos no processo de aprendizagem.

Publicado
2020-09-18