JOGOS NA APRENDIZAGEM DE GEOGRAFIA: UMA SOLUÇÃO PARA MONOTONIA EM SALA DE AULA

  • Lithyelly Luana de Souza Universidade Estadual de Londrina
  • Julia Luciana Pereira das Dores Okamura Universidade Estadual de Londrina
  • Gisele Franco de Lima Santos Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: PIBID, jogos, geografia, ensino

Resumo

Um dos grandes impasses observados em sala de aula é ensinar o conhecimento ao aluno obtendo sucesso. Contudo, a monotonia em sala de aula tem sido um problema na realidade escolar, sendo necessário construir o conhecimento com os alunos de forma mais dinâmica e interativa, para então se chegar a resultados positivos. Os jogos em sala de aula buscam trazer para o aluno o conteúdo de forma divertida. Por isso, foi elaborado um jogo de tabuleiro, produzido com folha EVA, giz de cera e figuras, para os alunos do sexto ano, de um colégio estadual situado na Região Sul de Londrina-PR. O objetivo é que os alunos entendam, por meio de uma metodologia lúdica, as características dos ambientes da Terra. O jogo foi dividido em camadas, das quais precisam percorrer respondendo a duas questões, ganha o grupo que chegar primeiro na camada Biosfera. Dessa forma, a proposta do jogo é fazer com que os alunos trabalhem coletivamente, visto que a ajuda do grupo é fundamental para responder as questões do tabuleiro. Também levar o aluno a se sentir pertencente ao espaço escolar que está inserido, visto que, o jogo acontece no pátio do colégio. Com isso é possível concluir a necessidade do uso de dinâmicas em sala de aula, visto que o aprendizado ao se utilizar de jogos, como estratégia pedagógica, obtém maior êxito se comparado a aulas de exposições apenas unilaterais, sendo uma ferramenta para o professor utilizar em sala de aula.

Publicado
2020-09-18