RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROCESSO DE FUNDAÇÃO DA TERGEO - EMPRESA JÚNIOR DE GEOGRAFIA DA UEL

  • Matheus Oliveira Martins da Silva Universidade Estadual de Londrina
  • Pérsia Dembiski Bueno Universidade Estadual de Londrina
  • Gustavo Henrique Medeiros Universidade Estadual de Londrina
  • Hellen Braga Serpeloni Universidade Estadual de Londrina
  • Nilson Cesar Fraga Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: empresa júnior, geografia, fundação

Resumo

As questões socioambientais atuais e o mundo contemporâneo tornam o/a profissional geógrafo/a um importante atuante nestas discussões. A nova sociedade, dita, globalizada exige cada vez mais profissionais capacitados para qualificar e inovar sobre as questões socioambientais atuais. Com isso, o objetivo deste trabalho é apresentar o processo de fundação da TerGeo e o impacto das ações nos dias atuais da empresa júnior. Para isso, são apresentados relatos de experiência dos/as estudantes a partir dos projetos de gestão da empresa júnior e também os projetos ligados diretamente à profissão do/a geógrafo/a. A experiência da fundação da empresa júnior trouxe grande desenvolvimento aos estudantes, partindo da regulamentação dentro da Universidade e também os trâmites jurídicos perante os órgãos responsáveis. Tal regulamentação foi conquistada em tempo hábil, o que proporcionou a inserção da empresa júnior na Federação das Empresas Juniores do Estado do Paraná (FEJEPAR), garantindo que os processos de gestão e validação de modelo de negócios pudessem ser iniciados. No mesmo período, a TerGeo realizou projetos de destaque, como é o caso do projeto em parceria com a Agência de Inovação Tecnológica da UEL (AINTEC) e também a realização da 32ª Semana de Geografia da UEL. Através das práticas iniciais dos fundadores, hoje a empresa júnior se consolida enquanto projeto de formação complementar, desenvolvendo consultorias, contribuindo para a formação de novos/as geógrafos/as e disseminando a ciência geográfica nas mais diversas esferas.

Publicado
2020-09-21