RESIDÊNCIA PEDAGÓGICA: DIÁLOGO ENTRE AS RESIDENTES DO CURSO DE PEDAGOGIA E O CAMPO DE ATUAÇÃO PROFISSIONAL

  • Daniele Cristina Comas Tsuzuki Universidade Estadual de Londrina
  • Laís Fernanda Rosa da Silva Universidade Estadual de Londrina
  • Marlizete Cristina Bonafini Steinle Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: Residência Pedagógica, Formação Docente, Estágio

Resumo

O presente trabalho tem por objetivo relatar as experiências de duas graduandas do curso de Pedagogia da Universidade Estadual de Londrina, no Programa de Residência Pedagógica. O programa é uma das ações que integram a Política Nacional de Formação de Professores e visa aperfeiçoar a formação dos discentes de cursos de licenciatura, por meio do desenvolvimento de projetos que fortaleçam a relação entre a teoria e a prática profissional dos futuros professores. Essa residência foi realizada em uma escola municipal localizada na zona oeste do município de Londrina Pr. A fim de cumprir o objetivo proposto, a Residência Pedagógica foi composta pelas seguintes etapas: ambientação no campo de estágio a fim de que o residente possa conhecer a realidade escolar; observação do processo de ensino-aprendizagem que acontece na sala de aula; intervenção pedagógica com elaboração de planos de aula e regência; aplicação do projeto individual, elaboração do portfólio e socialização dos resultados obtidos, sendo todas essas etapas cumpridas nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. O programa revela-se de grande importância para a formação dos graduandos em pedagogia, pois, contribuiu significativamente para a qualificação do futuro professor; promoveu a integração e a permanência do residente junto a comunidade escolar; viabilizou a reflexão da prática pedagógica; proporcionou a vivência de diferentes metodologias referente às disciplinas do currículo escolar; contribuiu com as aprendizagens dos alunos dos Anos Iniciais e promoveu sistematicamente a formação continuada dos professores preceptores e regentes de sala.

Publicado
2020-09-21