RURALIDADE: ENSINO PROSPECTIVO DE BUIATRIA PRÁTICA PARA ACADÊMICOS DE MEDICINA VETERINÁRIA

  • Marcela Rezende Sant`Ana Torres Universidade Estadual de Londrina
  • Leonardo Barbosa dos Santos Universidade Estadual de Londrina
  • Maria Isabela Custódio Universidade Estadual de Londrina
  • Wilmar Sachetin Marçal Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: buiatria, motivação, vocação

Resumo

Com a premissa vocacional de incentivar os discentes ao exercício acadêmico da Medicina Veterinária com animais ruminantes, foi criado em 2016 o projeto Ruralidade na Universidade Estadual de Londrina (UEL), estado do Paraná. Essa ferramenta prática possibilitou o exercício do aprimoramento em aspectos da Buiatria aos estudantes, contribuindo para que se tenha mais adeptos dessas espécies após a graduação. O projeto incluiu atividades em propriedades rurais, com assistência técnica gratuita aos criadores, fomentando aos alunos participantes conhecerem as enfermidades, orientarem o tratamento e estabelecerem medidas profiláticas. Colocaram em prática, ainda, as nuances vivenciadas de como se portar frente aos produtores, respeitando crendices, mas demonstrando aspectos científicos para o bem-estar animal e sustentabilidade no agronegócio. Já foi possível ofertar a realidade prática de aperfeiçoamento e motivação do Projeto RURALIDADE a 62 (sessenta e dois) alunos colaboradores, incluindo 03 (três) bolsistas, 02 (dois) pós-graduandos e 04 (quatro) médicos veterinários como colaboradores externos. Durante o período foram atendidos 732 bovinos, 47 ovinos e 67 caprinos, criados em 26 propriedades rurais diferentes, localizadas até 60 km da UEL Os alunos atuaram em casos de papilomatose, retenção de secundinas, mastite, indigestões, reticulo peritonite traumática, pododermatites, traumas e primeiros socorros. Os participantes também treinaram mochação, desverminação, terapêutica e diagnóstico de gestação. Os resultados demonstraram retomada no interesse dos alunos em atuar na prática da Buiatria, com segurança, sendo possível nas localidades rurais, de modo pedagógico, demonstrar aos jovens ingressantes a realidade rural, o potencial agropecuário regional e estimular a vocação adormecida em cada um deles.

Publicado
2020-09-21