SALVE A FAUNA BRASILEIRA, SE FOR CAPAZ: DESAFIOS NA CONSERVAÇÃO AMBIENTAL

  • Lucas Parra Cesar Nogueira Carreira Universidade Estadual de Londrina
  • Karina Keller Marques da Costa Flaiban Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: educação ambiental, interação antropogênica, jogo pedagógico

Resumo

A conservação faunística é afetada pelas alterações ambientais geradas pelo desenvolvimento humano. Aliada à conservação, a educação ambiental objetiva a disseminação de informações para conscientização e mudança de atitude. Sugere-se, portanto, o uso de estratégias diferenciadas para estimular a compreensão do assunto. O objetivo do trabalho foi desenvolver um jogo de tabuleiro para conhecer a fauna silvestre e seus desafios naturais ou antropogênicos. Foi realizado no âmbito do Grupo de Estudos de Animais Silvestres/UEL, um levantamento bibliográfico de características e ameaças à fauna silvestre, junto ao estudo de metodologias lúdicas para o aprendizado. Elaborou-se um jogo com seis espécies de animais vulneráveis ou ameaçadas de extinção (Anodorhynchus leari, Blastocerus dichotomus, Leontopithecus rosalia, Lonchophylla dekeyseri, Myrmecophaga tridactyla e Pteronura brasiliensis), cada uma representando um jogador, com faixa etária recomendada a partir dos 10 anos de idade. A movimentação pelo tabuleiro com auxílio de um dado perpassará por desafios ambientais naturais ou antropogênicos, ações de conservação que beneficiam os espécimes, período reprodutivo e quiz espécie-específico. A cada rodada, os jogadores poderão perder ou ganhar indivíduos para sua população, de acordo com desafios encontrados, em que poderão classificar o estado de conservação, conforme a IUCN. Ao final do jogo, quem possuir mais indivíduos, será o vencedor. A finalidade é conscientizar a população, quanto à interação homem e animal, os danos ambientais que afetam a fauna, possibilidades de desenvolvimento sustentável e características de animais silvestres, fazendo os jogadores serem disseminadores dessas informações a partir da educação ambiental adquirida. 

Publicado
2020-09-21