A APLICAÇÃO DO BRINQUEDO TERAPÊUTICO INSTRUCIONAL NO PRÉ-OPERATÓRIO PEDIÁTRICO POR ENFERMEIROS

  • Ana Raquel Pontello Rampazzo
  • Natália Shinkai Binotto
  • Elaine Buchhorn Cintra Damião
Palavras-chave: criança hospitalizada, jogos e brinquedos, enfermagem pediátrica

Resumo

Introdução: O brinquedo terapêutico instrucional (BTI) consiste em estratégia relevante para explicar sobre os tratamentos e procedimentos a que a criança hospitalizada deverá ser submetida, além de minimizar a ansiedade e tensão gerada pelos mesmos. Assim, o enfermeiro deve atuar na função de facilitador e promotor de sessão de BTI em unidades pediátricas. Objetivo: Realizar sessão de BTI com criança no período pré-operatório. Metodologia: Trata-se de um relato de experiência sobre a condução de sessão de brinquedo terapêutico instrucional no pré-operatório com criança pré-escolar com fratura radial pós queda do telhado. A sessão foi conduzida por enfermeira residente de hospital público do município de São Paulo, em Unidade Pediátrica. Após o aceite do convite de participação, a criança acompanhada pela mãe, foi orientada quanto aos objetivos e duração da sessão de 20 minutos. Em espaço determinado na brinquedoteca da unidade, as enfermeiras contaram estória sobre uma criança que durante a brincadeira com pipa sofreu queda do telhado e necessitou de intervenção cirúrgica. Após a demonstração da técnica de punção venosa e colocação de roupas cirúrgicas em boneco com o membro superior enfaixado semelhante ao da participante, os procedimentos foram realizados no boneco pela criança sob supervisão profissional. Resultados e Discussões: A criança, ao envolver-se na estória contada pela enfermeira, foi capaz de expressar suas emoções ao brincar e manipular os equipamentos reais a fim de compreender os procedimentos pré-operatórios a serem realizados consigo antes de sua cirurgia. Além disso, a presença da mãe representou uma fonte de apoio com redução da ansiedade de separação e a criança demonstrou entusiasmo em relação ao aprendizado e à autonomia na brincadeira. Conclusão: Além de promover a aprendizagem significativa a respeito dos procedimentos e cuidados pediátricos pré-operatórios, diminuindo a ansiedade da criança, a condução da sessão de BTI favoreceu a proximidade e criação de vínculo de confiança entre equipe de enfermagem- paciente-família, como ferramenta eficaz para promoção do cuidado à saúde da criança.

Publicado
2018-05-27
Seção
Artigos