PROMOÇÃO E PREVENÇÃO EM SAÚDE DESDE A EDUCAÇÃO INFANTIL

  • Heloyse De Andrade Pinto
  • Júlia Maria Ribeiro Correia De Mello
  • Natália Paladini De Oliveira
  • Debora Fernanda Vicentini Bauer
  • Renata Cristina Silva Baldo
Palavras-chave: Educação em saúde, Cuidados de enfermagem, Saúde da criança

Resumo

INTRODUÇÃO: O presente trabalho refere a uma analise em saúde. Podemos ressaltar que a promoção e prevenção em saúde é de extrema importância para todos, e esse hábito deve ser iniciado desde a educação infantil, para a criança saber a importância de se ter uma vida saudável. Sabemos que as atividades trabalhadas na educação infantil é fundamental e tem como objetivo planejar ações e atividades que tragam melhorias para o desenvolvimento das crianças, e para prevenção de doenças futuras. OBJETIVO: Descrever a experiência discente na promoção de saúde na educação infantil. MÉTODO: Trata-se de um relato de experiência de uma graduanda de enfermagem, que consistiu em orientar crianças da educação infantil de um munícipio do interior do Estado do Paraná. RESULTADOS e DISCUSSÃO: Com base em uma nova visão ressalta-se que a promoção de saúde, desde a educação infantil, através de palestras, diálogo e campanhas realizadas com as crianças, realizado pelo enfermeiro que conhece o desenvolvimento cognitivo da criança, colabora positivamente para promoção da saúde e consequentemente na prevenção de doenças das crianças. Em uma sociedade onde há o significativo aumento de estatísticas associadas a doenças crônicas degenerativas, falta de atividades físicas, obesidades entre outros. CONCLUSÃO: Podemos concluir que projetos bem elaborados aplicados desde a infância facilitam e contribuem para grande melhoria a vida das crianças, e que o enfermeiro é um agente transformador da realidade neste contexto. No entanto, neste vínculo entre escola e saúde, o enfermeiro é também um educador e poderá contribuir para a melhoria juntamente com a escola desde a educação infantil.

Publicado
2018-05-27
Seção
Artigos