REDE NEURAL DO TIPO SOM (Self Organizing Map) COMO FERRAMENTA PARA IDENTIFICAÇÃO DE PADRÕES DE CHUVA

  • Marciel Lohmann UEL
  • Camila Cunico UEL
  • Ronaldo Ferreira Maganhotto UEL
Palavras-chave: Inteligência Artificial, Redes de Kohonen, Alagamentos;

Resumo

O presente artigo objetivou utilizar a rede neural do tipo SOM para identificar os padrões de chuva que
são os deflagradores de alagamentos em Curitiba, procurando estabelecer a relação entre chuva e alagamentos para
o município, utilizando como base a integração de informações hidrometeorológicas. Para a construção do modelo
foi utilizado os dados de precipitação estimada a partir da integração das informações provenientes de radar
meteorológico, satélite e pluviômetros, utilizando o método de Análise Objetiva Estatística (ANOBES). A partir
dos dados de estimativas de precipitação foi calculada a chuva média acumulada de 6 em 6 horas, utilizando-se do
método de Thiessen. Os resultados gerados por meio da rede neural SOM (Mapas Auto Organizáveis), definiram
quais os principais padrões de chuva responsáveis por deflagrar os alagamentos em Curitiba, sendo identificados
2 padrões principais.

Publicado
2018-11-28