GESTÃO URBANA E DISPOSIÇÃO INADEQUADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS URBANOS NA BACIA DO RIBEIRÃO QUATI – LONDRINA-PR

  • Ângela Cristina Alves de Melo
  • Gilnei Machado
  • Karen Carla Camargo
Palavras-chave: lixo; fundos de vale; descarte irregular.

Resumo

A disposição final de uma significativa fração dos resíduos sólidos urbanos, normalmente não é feita em
áreas inadequadas, o que fica evidente pela existência, na cidade de Londrina, de centenas de pontos críticos em
vias e logradouros públicos, que sofrem sistemática deposição irregular de resíduos. Isto compromete a paisagem
e a drenagem urbana, são resíduos inertes e não inertes que multiplicam o número de vetores de doenças. Para
identificar a abrangência do problema na bacia hidrográfica do ribeirão Quati realizou-se um levantamento acerca
dos resíduos sólidos, no âmbito da coleta regular de resíduos sólidos, coleta seletiva e ocorrência de pontos de
descarte irregular de resíduos. Isto possibilitou uma análise mais profunda dos tipos de resíduos e sua procedência,
bem como, a identificação dos principais causadores deste problema. A maior parte dos pontos de lançamento de
resíduos é de pequeno porte, e identificaram-se resíduos de construção civil e resíduos domésticos, com materiais
recicláveis como papéis e plásticos e também resíduos orgânicos. Também foram encontrados pontos de descartes
de móveis usados e eletrodomésticos inutilizados.

Publicado
2018-11-28