AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE CORPOS D’ÁGUA DO PONTAL DO PARANAPANEMA – SÃO PAULO – BRASIL

  • Mariana Fernandes
  • Maria Cristina Rizk
  • Gabrielle Menezes
  • Renata Ribeiro de Araújo
Palavras-chave: qualidade da água, monitoramento, usos preponderantes

Resumo

O monitoramento da qualidade da água é importante para o entendimento das interações entre o sistema Hídrico e as atividades antrópicas, além de prover informações sobre a dinâmica ambiental dos pontos monitorados. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade da água de segmentos de corpos hídricos do Pontal do Paranapanema, SP. Foram investigados dez pontos de amostragem em canais fluviais, tendo sido analisados os parâmetros fósforo total, fósforo dissolvido, amônia, ortofosfato e pH nos meses de fevereiro, maio e novembro de 2016, março de 2017 e fevereiro de 2018. Os valores foram comparados com os valores de referência da Resolução CONAMA nº 357/2005. O oxigênio dissolvido no ponto 7 (fevereiro/2016 e fevereiro/2018), pH nos pontos 3, 7, 8, e 9 em maio de 2016 e fósforo total no ponto 6 (março/2017) e no ponto 5 (novembro/2016 e fevereiro/2018) não atenderam aos limites estabelecidos para cursos d’água enquadrados na Classe 2. O parâmetro amônia apresentou-se dentro dos limites da legislação ambiental em todos os pontos e meses monitorados. O monitoramento e avaliação da qualidade das águas apresentaram-se como ferramentas importantes e evidenciaram cenários de não atendimento segundo o enquadramento vigente em alguns pontos e períodos de monitoramento.

Publicado
2018-11-28