IMPACTOS AMBIENTAIS E GRAU DE PRESERVAÇÃO EM NASCENTES URBANAS DE PARANAVAÍ - PR

  • Maria Carolina Beckauser
  • Edilaine Valéria Destefani
Palavras-chave: Recursos Hídricos, Análise Macroscópica, Qualidade da água

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo evidenciar os impactos ambientais das nascentes urbanas e seu entorno, através de uma avaliação macroscópica das nascentes urbanas de Paranavaí – PR. Foram analisadas oito nascentes das bacias hidrográficas dos ribeirões Paranavaí e do Suruquá, ambos afluentes da margem direita da Bacia Hidrográfica do Ivaí. Como proposta metodológica fez-se uso da proposta de Dias (2004) adaptado por Gomes et al. (2005) que leva em consideração os critérios de avaliação: cor da água, odor, presença de lixo, espumas, óleos, presença de esgoto, ausência de vegetação, a uso do local por animais e humanos, existência de proteção, proximidade de residências e tipo de área de inserção. Os resultados foram agrupados em classes de conservação: A sendo ótima, B como Boa, C razoável, D ruim e E péssimo. Quatro nascentes foram avaliadas como péssima, duas como boa, uma como ruim, uma se enquadrando como razoável e nenhuma como ótima. Concluiu-se que a qualidade das nascentes urbanas e de seu entorno no perímetro urbano de Paranavaí necessita de uma série de intervenções para assegurar a vida dos córregos e riachos, tais medidas devem ser tanto de ações advindas dos governantes quanto por parte da população

Publicado
2018-11-28