AULA DE CAMPO E ENSINO DE GEOGRAFIA: BACIA HIDROGRÁFICA COMO UNIDADE DE PLANEJAMENTO

  • Eva Teixeira dos Santos Universidade Estadual de Londrina
  • Vicentina Socorro da Anunciação
  • Eva Faustino da Fonseca de Moura Barbosa
Palavras-chave: Palavras-Chave: Formação de professor; Interdisciplinaridade; Trabalho de campo

Resumo

A formação do professor de geografia, na visão de vários pesquisadores não é uma tarefa fácil e nem
simples, exigindo um forte engajamento por parte dos profissionais envolvidos, bem como das
universidades/faculdades, a fim de possibilitar ao futuro docente bases teórico-conceituais, tanto na área da
educação, como da respectiva ciência. Assim, este projeto teve como objetivo compreender a prática pedagógica
e as estratégias utilizadas no ensino de Geografia, evidenciando os principais conteúdos que trazem dificuldade de
aprendizado por parte dos alunos em sala de aula e relacionando o ensino de Geografia com o espaço geográfico
no qual estão inseridos, a partir da realização de aulas de campo. Nesta perspectiva, a proposta trabalhou com os
professores de geografia do ensino médio em escolas estaduais de Aquidauana e Campo Grande. Ao final do
projeto, observou-se maior interesse por parte dos acadêmicos e alunos da escola, bem como a motivação do
professor em propiciar a aproximação entre a teoria e a prática no ensino de geografia. Assim, a partir das reflexões
teóricas e a realização de atividades práticas e de campo, espera-se contribuir para a melhoria da formação do
professor e consequentemente da qualidade de ensino.

Publicado
2018-12-04