MAPEAMENTO DA REDE DE DRENAGEM COMO SUPORTE A PESQUISA CIENTÍFICA – UMA ANÁLISE A PARTIR DA PRODUÇÃO QUALIFICADA

  • Fabiano André Marion
  • Tony Vinícius Moreira Sampaio
Palavras-chave: Palavras-Chave: Cartografia; Qualidade dos dados; Periódicos Geografia

Resumo

O mapeamento da rede de drenagem apresenta limitações metodológicas que restringem seu uso. Dessa
forma, o trabalho visa analisar as características e usos fornecidos a representação cartográfica da rede de drenagem,
enquanto suporte a construção do conhecimento científico. Foram avaliados os materiais cartográficos utilizados
em publicações nacionais “Qualis A” na área de Geografia no período de 2014 a 2016: o material de apoio, escala
de trabalho, área territorial e delimitação, localização, temática de aplicação, trabalho de campo, validação e a área
de formação do autor principal. Foram encontrados 34 artigos que dependiam do mapeamento da rede de
drenagem em suas análises, sendo 9 em revistas Qualis “A1” e 25 em revistas Qualis “A2”. As bases cartográficas
utilizadas pelos artigos, em sua maioria, possuem pequena escala e não são compatíveis com a escala de trabalho
citada. Somente metade dos trabalhos citaram a realização de verificações a campo nos mais variados temas e
desses, apenas 4 artigos validaram o mapeamento da drenagem, comprometendo os resultados alicerçados sobre
os mesmos. Percebeu-se nos artigos analisados, uma recorrente falta de preocupação com a qualidade dos dados
utilizados.

Publicado
2018-12-04