A GEOPOLÍTICA ALEMÃ E A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

  • Wesley de Souza Arcassa
Palavras-chave: Geopolitik Alemã; Karl Haushofer; Instituto de Munique.

Resumo

A Geopolítica, suas concepções e vicissitudes são indissociáveis das turbulências e tragédias do século
XX. Esta pode ser compreendida como um dos descendentes diretos do inquietante desejo humano de construir
uma ciência do poder. Assim, a Geopolítica graças a uma apreensão “científica” das interações entre o homem e
o espaço torna possível ascender às leis do poder. O presente trabalho tem como objetivo compreender as ideias
e teorias estabelecidas pelo general alemão Karl Ernst Nikolas Haushofer (1869-1946), autor clássico da
Geopolítica. Além disso, busca-se analisar o grau de influência de Haushofer e da Geopolitik alemã perante as
decisões estratégicas arquitetadas pelo III Reich, desde a subida de Hitler ao poder até o fim do regime nazista em
maio de 1945. A Geopolítica, quaisquer que sejam as contribuições de Haushofer e da Geopolitik alemã, não poderia
deixar de ser levada, após a Segunda Guerra Mundial, na derrocada das utopias científicas. Por conseguinte, devese
ressaltar que os debates realizados em torno do suposto envolvimento de Haushofer com a política
expansionista alemã são marcados por um misticismo e obscurantismo. Por vezes, este tipo de posicionamento
torna-se até mesmo de cunho ideológico, reduzindo a obra do autor a mero instrumento difusor das teorias
nazistas. Nesse sentido, busca-se com o trabalho abordar os aspectos biográficos, bem como a produção teórica
do autor. Isso porque, as teorias e ideias preconizadas por Haushofer tiveram grande impacto, tanto durante a
Segunda Guerra Mundial, quanto na produção posterior do campo de estudo da Geopolítica.

Publicado
2018-12-04