TERRITÓRIO, IDENTIDADE E SOCIABILIDADE: UM ESTUDO SOBRE O CIRCUITO UNIVERSITÁRIO DE LAZER EM TRÊS LAGOAS/MS

  • Matheus Guimarães Lima
Palavras-chave: Festas open bar; álcool; jovens.

Resumo

O presente artigo é resultado de uma pesquisa qualitativa em Geografia que teve como objetivo
compreender os processos espaciais e territoriais relacionadas ao lazer de estudantes universitários da Universidade
Federal de Mato Grosso do Sul, câmpus Três Lagoas/MS (UFMS/CPTL). O território e a territorialidade são
compreendidos sob a perspectiva simbólico-cultural. Procuramos compreender de que forma as redes de
sociabilidade dos estudantes universitários, bem como suas características identitárias se delineiam a partir de suas
práticas de lazer. A sociabilidade é abordada sob a noção de pertencimento associada a simbolismos. Em relação
à identidade, procuramos compreender os diferentes processos que incidem sobre sua construção. Diante do
exposto, debruçamo-nos sobre um grupo social em específico, composto por estudantes universitários da
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, câmpus Três Lagoas/MS, que tem, nas festas open bar, uma de suas
principais opções de lazer. Nesse prisma, analisamos o papel das Associações Atléticas Acadêmicas (A. A. A.’s)
como organizadoras dessas festas e sua atuação no estabelecimento de redes de sociabilidade entre os estudantes
universitários. Além disso, por meio de questionário aplicado junto aos estudantes universitários, levantamos dados
quantitativos em relação à constância com que vão às festas open bar, bem como à prevalência de consumo de
bebidas alcoólicas.

Publicado
2018-12-04