TRANSFORMAÇÕES DEMOGRÁFICAS E ESPACIAIS NOS MUNICÍPIOS QUE COMPÕEM O PARQUE NACIONAL DA SERRA DA CANASTRA, ENTRE 1950 E 2010

  • Cassiano Gustavo Messias
Palavras-chave: Unidades de conservação, População, Regularização fundiária.

Resumo

Resumo: Este trabalho tem como objetivo avaliar as transformações demográficas e espaciais nos municípios que abrangem o Parque Nacional da Serra da Canastra (PNSC), entre 1950 e 2010, e discutir a atual distribuição populacional no perímetro desta Unidade de Conservação. Os resultados mostram que entre 1950 e 1980 houve queda populacional nos municípios estudados, fato que está relacionado à instalação do parque e de unidades hidrelétricas no rio Grande, como a hidrelétrica de Furnas. Contudo, entre 1980 e 2010, praticamente todos os municípios tiveram aumento populacional e muitos deles passaram a se dedicar ao turismo. Ainda hoje o PNSC possui população assentada em seu perímetro, devido a não regularização de extensas áreas, o que leva ao desenvolvimento de inúmeras atividades conflitantes, que comprometem a proteção dos recursos naturais nesta Unidade de Conservação.

 

Palavras-Chave: Unidades de conservação, População, Regularização fundiária.

Publicado
2018-12-20