ANÁLISE LIMNOLÓGICA EM CANAIS DE PEQUENAS BACIAS DE DRENAGEM NO OESTE PAULISTA

  • Renata Ribeiro de Araújo
  • Mariana Ribeiro Fernandes
  • Aline Aparecida dos Santos
  • Paulo Cesar Rocha
  • Maria Cristina Rizk
Palavras-chave: qualidade da água, precipitação, cana-de-açúcar

Resumo

Resumo: A pesquisa objetivou investigar a influência da precipitação e do cultivo da cana-de-açúcar sobre a
qualidade das águas superficiais. As variáveis oxigênio dissolvido, pH, condutividade elétrica, fósforo total,
fósforo dissolvido, fósforo reativo, amônia e material em suspensão total (orgânico e inorgânico) foram
amostradas em dez seções de canais fluviais do Pontal do Paranapanema, oeste do estado de São Paulo,
Brasil. As amostragens limnológicas ocorreram nos meses de fevereiro, maio e novembro do ano de 2016,
março do ano de 2017 e fevereiro do ano de 2018. As áreas de drenagem contribuintes para cada seção
amostral foram delimitadas por vetorização de polígonos a partir de curvas de nível geradas por imagens do
Shuttle Radar Topography Mission. As espacializações da cana-de-açúcar para cada sub-bacia foram
extraídas do mapeamento temático realizado pelos pesquisadores do Centro de Estudos do Trabalho,
Ambiente e Saúde, para o ano de 2016, na escala 1:250.000. Os resultados mostraram que a precipitação é
um fator que determina a qualidade da água nos pontos de amostragem, evidenciando a conectividade entre
a área de drenagem e os canais fluviais. Por outro lado, a cana-de-açúcar não se apresentou como um fator
determinante na qualidade das águas investigadas.
Palavras-chave: qualidade da água, precipitação, cana-de-açúcar

Biografia do Autor

Aline Aparecida dos Santos



Paulo Cesar Rocha

 

 

Publicado
2019-04-03