CARACTERIZAÇÃO DAS CHUVAS NO MUNICÍPIO DE ASSIS (SP) NO RECORTE TEMPORAL DE 1991 A 2016

  • Rafael Gotardi Brússolo
  • Bruno César dos Santos
  • Francisco Arthur da Silva Vecchia
Palavras-chave: Precipitação; Anos Padrões; Assis

Resumo


Resumo: Conhecer a distribuição das chuvas contribui para o entendimento das condições sinóticas e
oferece informações para o melhor ordenamento e gestão dos sistemas ambientais e antrópicos. Assim, a
presente pesquisa teve como objetivo a caracterização pluviométrica de anos padrões, de acordo com
Monteiro (1976) e Sant’Anna Neto (1995. Ao mesmo tempo, o estudo analisou os eventos extremos, com
o intuito de verificar qual a relação desses eventos com o fenômeno El Niño/La Niña, a forte ou fraca
atuação de eventos da Zona de Convergência da América do Sul (ZCAS), cavados, bloqueios atmosféricos
etc. Para a caracterização de eventos denominados normais, tendentes a secos, secos, tendentes a chuvosos
e chuvosos foi utilizada a proposta metodológica de Monteiro (1976): desvios variando entre +15% ou -
15%: Normal; desvios de -15% a -30%: tendentes a seco; desvios de -30%: seco; desvios de +15% a +30%:
tendentes a chuvoso e desvios de +30%: chuvosos. Os resultados demostraram que a habitualidade na área
de estudo prevalece em primeira ordem, totalizando aproximadamente 69,10% dos anos, como segunda
ordem 15,30% dos anos Tendentes a Chuvosos, como terceira 7,60% anos Tendentes a Secos e por última
ordem ficou com 3,80%, os anos classificados como extremos (seco e chuvoso).
Palavras-Chave: Precipitação; Anos Padrões; Assis

Publicado
2019-05-07