Emergências médicas são condições graves que implicam risco iminente de morte e demandam intervenção imediata. Assim, o atendimento local, os cuidados com o transporte e a assistência hospitalar devem ser precisos e bem planejados – cada segundo conta. O III COMUEL procura, a partir desse tema, explicitar a relevância médica das condutas emergenciais e o peso de cada decisão no cuidado do paciente.