Relato de experiência: sala de cirurgia eletiva do CISMEPAR

  • Débora Maria Ramos Damasceno Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema
  • Tatiana de Dio Benevenuto Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema
  • Verushka Aparecida Silvério Teresa Oliveira Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema
Palavras-chave: cirurgia eletiva, humanização, SUS, CISMEPAR

Resumo

A Politica Nacional de Humanização da Atenção e Gestão do SUS aposta na indissociabilidade entre os modos de produzir saúde e os modos de gerir os processos de trabalho, entre atenção e gestão, entre clínica e política, entre produção de saúde e produção de subjetividade. Operando com o princípio de transversalidade, o humanizaSUS lança mãos de ferramentas e dispositivos para consolidar redes, vínculos e a corresponsabilização entre usuários, trabalhadores e gestores”. Neste sentido, em agosto/2017, foi instituída e aprovada pelo Conselho Curador do CISMEPAR, a Sala de Cirurgia Eletiva, que tem como objetivo, manter atualizada a lista expectante da cirurgia eletiva de forma unificada contemplando todas as unidades hospitalares que realizam cirurgias eletivas na região de Saúde, através da articulação entre a Sala de Cirurgia Eletiva, Unidades Hospitalares, Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Regulação Municipais. Valorizando assim os diferentes sujeitos inseridos no processo de produção de saúde. Diante do apresentado, as metas estabelecidas pela Sala de Cirurgia Eletiva – SCE são: Classificação da fila expectante por data de entrada; Busca ativa de pacientes da fila; Atualização diária das cirurgias realizadas; Emissão de relatórios periódicos para conhecimento da fila em tempo real; Apoio para os mutirões de cirurgias eletivas, a fim de atender a portaria 1294 de 25/05/2017 que trata à ampliação do acesso as cirurgias eletivas na região de saúde, garantindo a higienização da fila expectante e proporcionando aos gestores municipais o gerenciamento, planejamento orçamentário e maximização de recursos para atendimento das demandas territoriais.

Publicado
2018-11-08