O CONTATO TELEFÔNICO COMO RECURSO PARA MANUTENÇÃO DE VÍNCULO ENTRE O SAG-UEL E SEUS USUÁRIOS

  • Luiza Boeing Lückemeyer Guimarães Universidade Estadual de Londrina
  • Pamela Ricoldi Fróis Pedro Universidade Estadual de Londrina
  • Renata Grossi Universidade Estadual de Londrina
  • Eneida Silveira Santiago Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: Psicologia, Saúde, Serviço de Aconselhamento Genético, Vínculo, Humanização

Resumo

Resumo: Um dos maiores objetivos da Psicologia da Saúde consiste em compreender como determinadas condições ambientais podem contribuir para o bem-estar dos indivíduos. Considerando o Serviço de Aconselhamento Genético como um dos campos de atuação da Psicologia, diversos tipos de estratégias podem ser desenvolvidas para facilitar o funcionamento biopsicossocial de usuários e seus familiares, fornecendo-lhes condições para desenvolver estratégias adequadas para o enfrentamento das dificuldades. Independente da estrutura desse Serviço, o vínculo com o usuário mostra-se essencial para que as demandas sejam atendidas de maneira efetiva e humanizada. O presente trabalho teve como objetivo promover a manutenção do vínculo dos usuários e suas famílias com o Serviço de Aconselhamento Genético da Universidade Estadual de Londrina (SAG-UEL) por meio do contato telefônico realizado após transcorridos 40 (quarenta) dias ou mais da data em que foi realizada a coleta de sangue. A manutenção do vínculo mostra-se necessária para que os usuários não se sintam desamparados durante esse período de espera pela devolutiva do exame genético. Para a confecção do trabalho, foi realizada uma pesquisa bibliográfica referente aos pilares do estabelecimento de vínculo em instituições e outra acerca dos serviços de aconselhamento genético em diferentes regiões do país, abrangendo a atuação dos profissionais de psicologia em cada um deles. Posteriormente, foram feitas consultas documentais aos Manuais do SAG-UEL (colaborador e usuário) e aos relatórios referentes às entrevistas dos pacientes cujas devolutivas foram observadas. A fim de se aproximar da realidade dos usuários, observações foram feitas nas etapas de Devolutiva e Suporte Psicológico. Como resultado, obteve-se a elaboração de um Protocolo de Ligação que provê instruções aos colaboradores que realizarem o contato telefônico, de forma que os mesmos possam oferecer um serviço humanizado aos usuários do SAG-UEL. Tendo isso em vista, discute-se a possibilidade de realizar uma avaliação da eficácia dos contatos telefônicos para essa finalidade. Conclui-se que o estabelecimento e manutenção de vínculo entre colaborador e usuário é extremamente importante para o trabalho humanizado, tornando-se necessário o planejamento de procedimentos que mantenham o usuário vinculado ao Serviço ao longo de todas as etapas.

Publicado
2019-07-29