Para fazer parte do Anais, os textos precisam ser apresentados no COMCID. Para tanto, são submetidos a dois pareceristas, pela metodologia de avaliação cega, ou seja, os avaliadores recebem os textos para avaliar sem o nome do(a) proponente. Os textos precisam ser inéditos e oriundos de graduandos em iniciação científica ou que trabalhem como colaboradores em projetos de pesquisa, graduados, especialistas, mestres e mestrandos e doutores e doutorandos. Os textos podem ser submetidos em forma de autoria única ou em coautoria (caso obrigatório para graduandos).

As linhas de pesquisa do COMCID para a produção de artigos e publicação no Anais são pertinentes às abordagens: 

ESPAÇO URBANO, CULTURA DA CIDADE E VAREJO: Imagem e identidade organizacional; semiótica urbana; semiótica da cultura; cultura organizacional varejista; espaços de memória da cidade; cidade como capital simbólico; discurso e prática nos relacionamentos com os públicos do varejo; mediações da paisagem; lugar, não lugar e espaços de fluxos urbanos, sociedade líquida e humanização nas organizações.

COMÉRCIO E ARQUITETURA: Arquitetura comercial, espaços varejistas e inserção urbana, mercados públicos; ruas comerciais, lojas de departamento; galerias comerciais; franquias; shopping centers; paisagem urbana e mídia exterior; comunicação urbana; vitrines; visual merchandising; fluxos urbanos, cidades 24 horas, cidades inteligentes, cidades criativas, comércio eletrônico; comércio e serviços informais.

IMAGEM E CONSUMO: Discutir as múltiplas relações entre consumo e espaço urbano, considerando principalmente temas ligados à comunicação visual, ao comportamento do consumidor e a atividades correlatas (publicidade, relações públicas, jornalismo, marketing, administração, moda e design). Procura-se assim, propor novos conceitos e/ou repensar contribuições anteriores, como estética da mercadoria, retórica da imagem e sociedade do espetáculo.