Machismo e Agenciamento

traçando aproximações conceituais

  • Pedro Mestre Passini PUC-SP
Palavras-chave: machismo, agenciamento, poder

Resumo

O presente trabalho procurou aproximar o machismo do conceito de agenciamento como trabalhado por Deleuze e Guattari. Partindo de uma investigação teórica, discutiu-se as implicações do machismo como componente subjetivante da sociedade contemporânea, assim como, diante de sua permeabilidade aos corpos componentes da mesma, ele incide desejantemente como articulador de poder e de modos de vida. Partindo desse entendimento se propõe uma maior maleabilidade dos corpos em se realocarem diante dos ordenamentos reproduzidos por tal agenciamento, dependendo de sua graduação de identificação com os valores, discursos e práticas agenciadas pelo machismo.

Publicado
2018-10-01