Inter relações entre os conceitos de Biopolítica e Necropolítica:

um breve estudo sobre formas de controle social

  • Daniela Cecilia Griososki Universidade Estadual de Londrina
  • Eneida Santiago Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: Necropolítica; Biopolítica; Controle Social

Resumo

O trabalho em questão tem como objetivo geral problematizar as possíveis relações entre a concepção de necropolítica, cunhada pelo teórico camaronês Achille Mbembe (2003), e a noção elaborada pelo filósofo francês Michel Foucault (2008) de biopolítica. O mesmo se destaca enquanto um recorte de uma pesquisa de pós-graduação strictu senso, iniciada em 2018, no programa de Mestrado em Psicologia da Universidade Estadual de Londrina - UEL. Para tal, a pesquisa se pautou no viés qualitativo, se configurando como uma pesquisa exploratória de materiais bibliográficos, sendo estas produções referentes ao conceito de necropolítica e biopolítica, buscando realizar uma problematização referente a contraposição que perpassa ambos conceitos. Houve a compreensão de que Mbembe (2003) desenvolve um contraponto à biopolítca, todavia não a refuta. Hilário (2016), ressalta que Mbembe enfatiza que houve uma passagem de uma biopolítca para uma necropolítica, no que se refere às realidades das periferias de sociedades capitalistas na contemporaneidade. Assim, destaca-se que, de acordo com Mbembe, a teoria foucaultiana se encontra cunhada em um contexto eurocêntrico, não conseguindo abarcar o cotidiano de populações periféricas na contemporaneidade. Neste sentido, perspectivas como a de Mbembe cabem para dar sentido à realidade de outros cenários sociais que estejam destoados do âmbito europeu. 

Publicado
2018-10-02