Feminilidade e maternidade

experiências do parto enquanto questão de ressignificação sobre as posições mulher e mãe

  • Flávia Angelo Verceze Universidade Estadual de Londrina
  • Silvia Nogueira Cordeiro Universidade Estadual de Londrina
Palavras-chave: parto; feminilidade; maternidade.

Resumo

Trata-se de um recorte de uma pesquisa de mestrado em andamento, que tem como instrumento de investigação o método clínico-qualitativo segundo a proposta de Turato (2003). Tal método se funda na atitude clínica e é voltado aos fenômenos de saúde-doença. Este recorte tem objetivo discutir como o fenômeno do parto pode se configurar como uma experiência transformadora na concepção de feminilidade e maternidade para a mulher, repercutindo em suas posições de mãe e mulher. Para tanto, recorreu-se à análise de três entrevistas com mulheres que passaram pela experiência de um parto natural. Esta se fez segundo um referencial psicanalítico que apresenta a noção de uma feminilidade e uma maternidade desnaturalizada, isto é, são entendidas como posições, não equivalentes, assumidas por cada mulher.

Publicado
2018-10-02